Dronegócios

Prefeitura de Florianópolis utiliza drone para monitoramento de erosão costeira

Postado em Tecnologia

A Prefeitura de Florianópolis, através de uma ação conjunta entre Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis - IPUF e Fundação Municipal de Meio Ambiente - FLORAM, realizaram no início do mês de novembro de 2017 um levantamento com drone para o monitoramento da erosão costeira na praia do caldeirão, no Morro das Pedras. O objetivo da ação é monitorar a faixa de restinga, e quantificar a área erodida nos últimos eventos de ressaca.

Nos meses de setembro e outubro, a recorrência de maré alta e eventos de forte ressaca deixaram em risco um trecho da rodovia SC-406 e consequentemente o abastecimento de água de boa parte da população do sul da ilha de Santa Catarina.

Para conter a erosão, a solução emergencial encontrada foi o enrocamento implantado no setor norte da praia.
A utilização de imagens aéreas de drone foi um grande auxílio, possibilitou um olhar mais integrado do arco praial. Após o pós-processamento das imagens, foi possível realizar uma análise de evolução temporal da praia, a partir de ortofotos anteriores.

A metodologia se deu da seguinte maneira, foi realizado o planejamento da área a ser mapeada, executamos um voo em altura média de 80m. A partir da coleta das imagens, realizamos o processamento, o alinhamento das fotos, densificação da nuvem de pontos, construção do modelo 3D, textura, o Modelo Digital de Elevação e, por fim, um ortomosaico. A partir do ortomosaico foi possível realizar sobreposições e medições nas imagens.

A intenção agora é manter o acompanhamento da evolução morfológica do arco praial, e verificar se o enrocamento implantado no sertor norte pode trazer impactos para o restante da praia.

Compartilhar

MaisNotícias




ENCONTRE O QUE PRECISA